Tuesday, September 23, 2008

Bichos da luz



Foi num inverno muito, muito rigoroso que morei fora do Brasil. Lá fazia um frio terrível e nevava o tempo todo. Eu morria de saudades de casa, mas entre tudo e todos, o que eu sentia uma falta desgraçada mesmo, era do calor. Morria de saudades de usar regata, havaiana, transpirar e ter que fazer um rabo de cavalo, essas coisas. As vezes, no meio daquela branquidão toda, eu fechava meus olhos com força e tentava me imaginar em casa, em São Paulo. Olhava para os postes de luz, da rua, e os imaginava cheios de mosquitinhos, aqueles bichinhos da luz.
Pra mim, o verão é a cara dos bichinhos da luz.
Talvez por isso, dia desses quando voltava pra casa e assisti a um poste lotado de bichinhos da luz, senti um calor delicioso dentro de mim. O verão está pra chegar. E, com ele, essa figura tão frágil e efêmera que são os mosquitos da luz. Dizem que eles vivem apenas algumas horas. Não sei se é verdade, mas parece que eles nascem, sobem nas lâmpadas e, lá, é o tempo de procriar com os seus e pronto, morrer em seguida. É uma figura tola a desse inseto, mas é uma figura muito esperta também.
Normalmente nós os odiamos. Quando eles escapam para dentro de casa, sempre alguém murmura qualquer coisa como xii, tá cheio de bichinho aqui. Alguém sugere apagar a luz e, assim, interrompemos precocemente a curta vida dos pobrezinhos. Mas, nunca adianta. São umas pragas os tontos. Basta apertarmos o interruptor trazendo a luz de volta e pronto. Lá estão eles numa suruba iluminada de novo e nós, mais uma vez, tentaremos acabar com a bagunça.
Talvez matemos os bichos no auge de suas núpcias, mas não tenho muita pena. A alegria que se dá em mim, por ver os dias aquecerem-se lentamente, não me permite nem sentir pena de acabar com alguém assim, bem no meio do amor.. Frágil e intenso amor o desses pobres. Poderiam dar-nos algumas aulas, certamente...

5 comments:

fernandasouza said...

Já cansei do frio e aqui em Porto Alegre nada de primavera, ainda é inverno...

fernandasouza said...

... nada de bichinhos da luz

Carol Barcellos said...

Poxa, se vc sentiu saudade do calor morando em São Paulo, imagine eu, que moro no Rio. Acho que só sairia do Brasil pra morar em outro lugar quente, ou ficaria até o primeiro dia do inverno pra ver como é a neve, e coisa e tal, e tchau-tchau!

Ah, o amor desses bichinhos vale à pena mesmo sendo tão breves os momentos. Quando vc souber de algum workshop dos bichinhos da luz, me avisa que eu vou, mesmo com neve até os joelhos, hahaha!!!

Beijinhos doces cristalizados!!! :o*

Cris said...

Lindo!

Cris said...

Ainda sobre os seus "bichinhos de luz" dá uma olhada nesta fotografia: http://viajeaqui.abril.com.br/ng/materias/ng_slide_285488.shtml?1

bises